Entrada Eventos 2º Simpósio Nacional de Fertilização e Ambiente -novos fertilizantes, novas tecnologias

2º Simpósio Nacional de Fertilização e Ambiente -novos fertilizantes, novas tecnologias

Auditório da Escola Superior Agrária de Santarém 

27 e 28 de outubro de 2016

 

FertilizacaoEm 2011, a Sociedade de Ciências Agrárias de Portugal (SCAP) organizou com assinalável sucesso na Golegã, o 1º Simpósio Nacional de Fertilização e Ambiente, que para além de uma abordagem genérica teve como tema central a fertilização racional das culturas de maior interesse local e o seu potencial impacto na zona vulnerável da agricultura da região.

Cinco anos volvidos, o conceito de Agricultura Intensiva Sustentável tem levado ao desenvolvimento de novos fertilizantes e novas tecnologias de monitorização e fertilização das culturas que, em conjunto, permitem aumentar a eficiência de utilização dos fertilizantes pelas plantas e, em simultâneo, reduzir de forma substancial os riscos ambientais associados à prática da fertilização.

Os adubos que disponibilizam gradualmente os nutrientes, as metodologias expeditas de avaliação do estado nutricional das culturas, a fertirrega, a adubação foliar e a agricultura de precisão, são “ferramentas” já disponíveis e cuja utilização permitirá optimizar a fertilização das culturas, com a utilização mais racional dos fertilizantes, de modo a conciliar a rentabilidade máxima das produções com a preservação do meio ambiente.

Por outro lado, a disponibilidade, no país, de grandes quantidades de resíduos de diferentes origens (saneamento dos agregados populacionais, atividade agrícola e pecuária, indústrias agro-alimentares e florestais e da produção de biocombustíveis), ricos em matéria orgânica e/ou nutrientes vegetais, tem levado a um crescente interesse pela sua utilização como corretivos orgânicos do solo, de forma a dar-lhes um destino ambientalmente aceitável e reciclar o seu conteúdo em nutrientes e matéria orgânica. Efetivamente, a redução da disponibilidade dos “estrumes tradicionais” nas explorações agrícolas e a pobreza em matéria orgânica da generalidade dos solos nacionais justificam o interesse pela valorização agrícola destes resíduos. No entanto, uma tal valorização terá de ser feita com um controlo adequado, utilizando técnicas e soluções que minimizem os eventuais impactos negativos na qualidade do ambiente.

É neste contexto que a SCAP, enquanto sociedade vocacionada para a promoção e divulgação do conhecimento agronómico, indispensável para o desenvolvimento sustentável da nossa agricultura, lança a 2ª edição deste evento destinado a: técnicos, investigadores, empresários agrícolas, estudantes e a todas as empresas de produção e distribuição de adubos de fertilização em geral; com o objetivo de promover um amplo debate nacional em torno destas questões e contribuir para a transferência de novos conhecimentos obtidos nos centros de I&D nacionais para os seus principais utilizadores.

Ao congregar um vasto universo de potenciais interessados em torno da fertilização, queremos contribuir também para criar uma plataforma interativa, capaz de potenciar a organização e periodicidade desta iniciativa no futuro.

A Comissão Organizadora 

  pdf  1ª Circular_frente

pdf  1ª Circular_verso